Orquestra Sementes de Esperança – Depoimentos

A escola de música, um sonho realizado do padre Adilson Simões, projeto que teve início em fevereiro de 2018, fica localizada no Santuário da Divina Misericórdia. O projeto tem o intuito de fazer o resgate de crianças e jovens que não tinham qualquer conhecimento musical e hoje tocam instrumentos e leem partituras, com condições de conquistar o mercado de trabalho.

“Conseguimos, através da música, transformar a vida desses meninos, tirando-os da situação de vulnerabilidade e oferecendo uma vida digna”, afirma o Maestro Silviano Barbosa da Silva.

A Orquestra Sementes de Esperança faz parte de um dos vários projetos do CEDEC, que é apoiado pelo COMDDICA. Confira alguns depoimentos de jovens, da Zona Rural, que participam da orquestra:

“Fazer parte da orquestra Sementes de Esperança é algo inacreditável para mim, pois nunca imaginei que algum dia poderia ser capaz de tocar algum instrumento. Fazer parte da orquestra é ter esperança em um futuro melhor para mim e minha família.
Além de aprender música e tocar, eu aprendi a deixar minhas indiferenças de lado, me tornei um pessoa diferente, não penas no comportamento, mas também no modo de pensar.

Participo da orquestra há 02 anos, e nesse tempo posso falar o quanto Deus me modelou através da orquestra e de todos os ensinamentos das formações de Padre Adilson aos sábados pela manhã.

Fiquei sabendo que teria um curso de música, através de Hiago, que tem um engajamento nos projetos sociais do Santuário, então fiz minha inscrição e, com a graça de Deus, sou uma integrante da orquestra.

Na orquestra aprendemos muitas coisas além da música, aprendemos a deixar as indiferenças de lado e sermos, além de uma orquestra, uma família. Aprender música é algo surreal, poder tocar e ver as pessoas emocionadas sempre vai ser um presente para mim. Evangelizar através da música é semear Sementes de Esperança por todos os lugares que Deus permitir. Nossa convivência é muito boa, graças a Deus, temos uma amizade boa e saudável, e é isso que o Maestro Silvano nos ensina também, acima de uma orquestra, somos amigos, somos uma família, com um único objetivo evangelizar através da música.”
– Rayanne Melo do Nascimento, membro que toca o instrumento Clarinete.

“É muito bom fazer parte da família Sementes de Esperança porque pra mim eles são como uma uma família. Aprendi que, como grupo, devemos sempre manter a harmonia, não apenas na música. Faz, praticamente, 01 ano e 02 meses que faço parte da orquestra. Conheci através da minha irmã, Eduarda, que já participava. A convivência é boa, pois todo mundo se dá bem e fazemos o máximo para nos mantermos unidos.”
– Rayanne Alves Feitosa, membro que toca o instrumento Violino.

“Fazer parte da orquestra é uma coisa maravilhosa, é uma experiência boa que pude ganhar na vida e que trouxe-me muito aprendizado. A orquestra me ensinou a ser um músico, e também me ensinou coisas da vida, como, por exemplo, ajudar as pessoas, ser mais educado e fazer o bem pra pessoas, etc…
Faço parte desta família há 3 anos, contando com 1 ano da da pandemia. Fiquei sabendo por um dos funcionários do CEDEC que me chamou. A orquestra é aprendizado de qualidade, muito bom, e também o professor é muito ótimo e ensina bem. A convivência é como uma família que enfrenta juntos as coisas da vida, que ajuda, que aconselha e que protege.”
– Itallo Feitoza de Siqueira, membro que toca o instrumento Teclado.

Depoimentos de apenas 03 jovens, que falaram por todos os outros membros, que, de modo geral, são em torno de 35 jovens.

A promoção humana e construção de sonhos é nosso objetivo. Não há mérito algum para nós sobre nossos projetos. Tudo é graça de Deus, sem Ele nada teríamos feito.

A Orquestra Sementes de Esperança já se apresentou, várias vezes, em diversos lugares e um de seus principais eventos foi o Vinde e Vede, em Petrolina, um encontro da juventude que acontece todos os anos.

 

Deixe um comentário

X