Com bela festa, Diocese de Pesqueira, celebra seus 98 anos de caminhada

foto1

Um momento memorável: assim pode ser definido o dia de ontem (7) quando milhares de pessoas se encontraram no Santuário da Divina Misericórdia (CEDEC-Arcoverde) para celebrar os 98 anos de criação da Diocese de Pesqueira. Pelas primeiras horas da manhã, dezenas de caravanas subiam a  Serra das Varas para o grande encontro que contou com a animação do Ministério Jesus Pão da Vida, de Belo Jardim.

foto2

Cumprindo a programação, o Setor Juventude, abriu a pauta das comemorações com uma bela oração contextualizando a data na realidade diocesana, convidando a todos a um louvor e ação de graças pelos anos de caminhada da Igreja diocesana.

foto3

O conteúdo do Ano da Misericórdia foi brilhantemente abordado pelo Pe. Carlos André Vieira Paes (f0to), da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Palmeirina – Diocese de Garanhuns, especialmente convidado para o evento. Pe. Carlos fez lembrar a todos a importância de não somente exercer obras de misericórdia, mas de ser essencialmente e antes de tudo pessoas misericordiosas. Fez menção ao papel da família no contexto da construção da nossa Igreja quase centenária, destacando o papel fundamental dos leigos e leigas como protagonistas desta história.

Após este momento de conteúdo  formativo, o Pe. Adilson Simões, reitor do santuário, conduziu um momento de adoração e bênção eucarística, fazendo ação de graças pelo dia e pela caminhada histórica da diocese. Assim foi encerrada a parte da manhã, seguida de um almoço fraterno.

foto4

foto5

Pela tarde, foi a hora de fazer memória histórica. Oito grupos de crianças, jovens e adultos retrataram de modo artístico a trajetória dos oito bispos que nos pastorearam ao longos desses 98 anos. Desde Dom José de Oliveira Lopes (primeiro) a Dom José Luiz Ferreira Salles, CSsR (atual), os grupos encantaram a todos com a sua criatividade que envolveu dança, música e até literatura de cordel para nos contar uma linda história de amor à Igreja e dedicação ao povo de Deus ao longo dos tempos.

foto6

O encontro foi encerrado com a concelebração eucarística presidida pelo bispo diocesano Dom José Luiz. Em sua homilia, Dom José tomou como ponto principal o versículo do evangelho do dia: “Não tenhais medo, pequenino rebanho”. Dirigindo-se a todos e algumas categorias em particular, o bispo disse a todos que o medo do qual Jesus fala não é tanto em razão dos nossos medos comuns (escuro, insetos, altura, violência…) mas “o medo de nos deixar tocar e converter por Jesus”. Ressaltou que não devemos ter medo da firmeza diante da situação política ora vivida, em nos posicionarmos diante das propostas de corrupção e compra de voto por parte de muitos. Não ter medo de dizer não a quem nos oprime e rouba as consciências do povo em atos de manipulação. O bispo convocou a todos a seguirem em frente na missão sem medo, confiantes que Jesus caminha conosco, ao nosso lado, para nos dar forças na luta de cada dia em vista de um mundo melhor.

Ao final, Dom José agradeceu a todos e procedeu a bênção do envio.

Confira mais imagens na galeria de fotos com a colaboração de Renata Guenes, PasCom Jataúba.

PasCom Diocesana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *